Santuário Frei Galvão

Rádio Frei Galvão

Posse do novo arcebispo, Dom Orlando Brandes

A Arquidiocese de Aparecida acolheu no sábado (21), seu novo arcebispo, Dom Orlando Brandes. A missa de posse, que marca o início do ministério pastoral do religioso na Arquidiocese, aconteceu na Basílica de Aparecida, Catedral da Igreja Diocesana, às 9h.

A transmissão do cargo, que pertenceu à Dom Raymundo Damasceno Assis até novembro de 2016, aconteceu em uma cerimônia repleta de simbolismos, como a leitura da carta enviada pelo Papa Francisco, chamada de Letras Apostólicas. O documento, emitido pela Santa Sé, confirma Dom Orlando no posto de novo arcebispo. Além deste momento, a entrega do báculo pastoral, símbolo do pastor que conduz seu rebanho, possui forte simbologia. O cajado episcopal será passado das mãos de Dom Damasceno para Dom Orlando, marcando a continuidade da sucessão apostólica em Aparecida.

"Para mim, suceder a Dom Raymundo Damasceno Assis, é um privilégio imerecido. Ele é um pai da fé, um gigante eclesial e uma estrela luminosa no Episcopado brasileiro, na CNBB, na América Latina e no Vaticano. Tenho por ele muito respeito, admiração e estima. Ele mora no coração dos últimos Papas, especificamente no coração do Papa Francisco.", afirma Dom Orlando.

O "Operário de Deus", como se intitula o prelado, assume a Arquidiocese de Aparecida durante as celebrações dos 300 anos do encontro da Imagem de Nossa Senhora Aparecida, e os 10 anos da publicação do Documento de Aparecida. Ele afirma estar esperançoso para vivenciar o momento junto aos devotos da Padroeira do Brasil. "Quero parabenizar os missionários redentoristas pelos longos anos de preparação para o Ano Jubilar. Vamos colocar em prática toda a programação e viver intensamente o Ano Mariano. Tenho certeza que o Ano Jubilar e o Ano Mariano irão fortalecer a Igreja discípula missionária. É uma oportunidade para maior conhecimento do Documento de Aparecida.", explica o arcebispo eleito.

Conhecido em Londrina por sua pastoral, Dom Orlando se mostra desde já próximo dos fiéis de Aparecida, seu futuro rebanho. "Digo ao querido povo de Aparecida que tenho a todos no meu coração. Amo a todos desde o dia da publicação da minha nomeação. Espero conhecer os padres, os religiosos e religiosas, os seminaristas e o povo de Deus. Peço a oração de todos: rezem por mim. Não estou indo para Aparecida nem por mérito pessoal, nem por acaso e muito menos por coincidência. Tudo é obra da Providência. Deus seja louvado.".

Biografia -  Dom Orlando Brandes nasceu em 13 de abril de 1946 em Urubici, SC. É filho de Gregório Brandt e Hilda Morais Brandt (falecidos). Após o curso primário ingressou no Seminário João Vianney, de Lages. Em 1968 concluiu Filosofia na UCP em Curitiba. Fez seus estudos teológicos na Universidade Gregoriana e na Academia Alfonsiana (Roma) especializando-se em Teologia Moral, em 1973. Recebeu a ordenação sacerdotal, na cidade de Francisco Beltrão (PR) em 6 de julho de 1974.

Foi nomeado pelo Papa João Paulo II, no dia 9 de março de 1994, o 3° bispo diocesano de Joinville (SC). Escolheu como lema: "Somos operários de Deus" (1 Cor 3,9). A ordenação episcopal e posse ocorreram no dia 5 de junho de 1994, dia de São Bonifácio, na Catedral São Francisco Xavier, em Joinville. No dia 10 de maio de 2006, o Papa Bento XVI nomeou Dom Orlando Brandes, Arcebispo de Londrina. A tomada de posse como 4º Arcebispo aconteceu no dia 23 de julho de 2006. No dia 16 de novembro de 2016 foi nomeado pelo Papa Francisco, Arcebispo da Arquidiocese de Aparecida.

Fonte: Arquidiocese de Aparecida e Portal a12