Santuário Frei Galvão

Rádio Frei Galvão

Celebrações da Semana Santa no Santuário Frei Galvão

Católicos de vários lugares do país e da comunidade local participaram das celebrações da Semana Santa e do Tríduo Pascal no Santuário Arquidiocesano de Santo Antônio de Sant’Anna Galvão em Guaratinguetá.

Na Quinta-feira Santa, dia 13 de abril, aconteceu às 14h30, a Novena Perpétua. Às 20h aconteceu a Missa da Ceia do Senhor e Lava-pés. Em seguida, Adoração ao Santíssimo até às 0h.

Na Sexta-feira Santa, 14 de abril, dia da Paixão de Cristo, os fiéis católicos fizeram memória a morte de Nosso Senhor Jesus Cristo. Às 7h, aconteceu à adoração ao Santíssimo até ás 14h e às 15h, Celebração da Paixão do Senhor.

Às 19h, os jovens da comunidade apresentaram, no pátio do Santuário, a encenação da Paixão de Cristo e, em seguida, participaram de uma procissão em direção à Matriz de Nossa Senhora de Fátima.

No Sábado Santo, 15 de abril aconteceu às 15h a Celebração das dores de Maria e a Vigília Pascal (Noite Santa) às 19h.

No dia 16 de abril, Domingo da Ressurreição aconteceu as Santas Missas da Ressurreição que foramcelebradas no Santuário às 6h, 9h30, 15h e 18h.

TV Frei Galvão

Todos esses eventos foram transmitidos ao vivo pela TV Frei Galvão!

Se você não conseguiu acompanhar, pode entrar no nosso canal pelo Youtube e ver como foram às celebrações da semana santa.

Saiba mais sobre a TV Frei Galvão.

Acesse! Divulgue! Inscreva-se!

Semana Santa

A Semana da Paixão (também conhecida como Semana Santa) é o tempo desde o Domingo de Ramos até o Domingo de Páscoa (domingo da Ressurreição). Semana Santa é assim chamada por causa da paixão com que Jesus voluntariamente foi à cruz para pagar pelos pecados de Seu povo. Semana Santa é descrita em Mateus capítulos 21-27; Marcos capítulos 11-15; Lucas capítulos 19-23 e João capítulos 12-19. A Semana Santa começa com a entrada triunfal de Jesus no Domingo de Ramos, montado em um jumento, assim como profetizado em Zacarias 9:9.

A Semana da Paixão continha vários eventos memoráveis. Jesus purificou o Templo pela segunda vez (Lucas19:45-46), então disputou com os fariseus a respeito de Sua autoridade. Depois disso, Ele fez o Seu Discurso das Oliveiras sobre o fim dos tempos e ensinou muitas coisas, incluindo os sinais de Sua segunda vinda. Jesus comeu a sua Última Ceia com os discípulos no Cenáculo (Lucas 22:7-38), depois foi para o jardim de Getsêmani para orar enquanto esperava que a Sua hora chegasse. Foi aqui que Jesus, depois de ter sido traído por Judas, foi preso e levado para os julgamentos diante de vários sacerdotes, Pôncio Pilatos e Herodes (Lucas 22:54-23:25).

Após os julgamentos, Jesus foi açoitado nas mãos dos soldados romanos. Em seguida, foi forçado a carregar o Seu próprio instrumento de execução (Cruz) pelas ruas de Jerusalém, ao longo do que é conhecido como a Via Dolorosa (caminho das Dores). Jesus foi então crucificado no Gólgota no dia antes do sábado, foi sepultado e permaneceu no sepulcro até domingo, um dia depois do sábado, e, em seguida, gloriosamente ressuscitou.

Esse tempo é conhecido como Semana Santa porque foi quando Jesus Cristo realmente revelou a Sua paixão por nós através do sofrimento pelo qual voluntariamente passou a nosso favor.

Veja fotos das celebrações!

Por Erik Constantino

 

 

Departamento de Comunicação e Marketing

Site - Santuário Frei Galvão

Rádio Web Frei Galvão

Jornal "O Santo"

Assessoria de Imprensa

 

Evandro Luiz Fialho

Jornalista - Mtb. 45.602-SP

imprensa@santuariofreigalvao.comPor Erik Constantino