Santuário Frei Galvão

Rádio Frei Galvão

Frei Galvão intercedeu pelo meu bebê

"Aos 32 anos, engravidei e, com sete meses de gestação, descobri que meu bebê tinha um problema congênito que obstrui a passagem da urina, comprometendo a bexiga até os rins, com perigo de várias sequelas. Fiquei desesperada, chorava todos os dias. 
 
Um dia, quando acordei, veio na minha cabeça o nome “São Frei Galvão”. Não me lembro direito se sonhei. Sei que, quando acordei, lembrava do nome. Eu já tinha ouvido falar dele, como todos os outros santos, mas não fazia ideia de quem ele fosse, pois sempre ignorei e ridicularizei esses assuntos. Mas, como fiquei intrigada com aquele nome tão forte na minha cabeça, entrei na Internet, li sobre as pílulas e, no mesmo dia, fui buscar as pílulas no Santuário e comecei a novena. 
 
Quando meu filho nasceu, uma bactéria muito agressiva colonizou a bexiga do meu bebê. Os médicos resolveram não tratar, pois ele era muito novo e os antibióticos indicados para essa bactéria não podem ser usados em bebês. O único tratamento foi a novena de Frei Galvão e a água que eu dava para o meu pequeno beber. Os exames, daí por diante, foram todos negativos.
 
Hoje, meu bebê está totalmente curado, é lindo, forte, inteligente, esperto, perfeito, feliz e passa muito bem sob os olhos amorosos de São Frei Galvão"
 
 
Mariella Baldini
Santos-SP