Santuário Frei Galvão

Rádio Frei Galvão

Seminarista Raphael recebe o Ministério do Acolitato

No próximo domingo, dia 02 de junho, o seminarista Raphael Felipe Silva foi instituído ao Ministério do Acolitato. Na mesma ocasião, a arquidiocese de Aparecida celebrou o 53º dia Mundial das Comunicações Sociais e contou com a presença dos agentes da Pastoral da Comunicação.

A celebração aconteceu  será às 18h, no Santuário Frei Galvão, em Guaratinguetá, com transmissão pela TV Frei Galvão.  O tema do 53º Dia Mundial das Comunicações é “‘Somos membros uns dos outros’ (Ef 4, 25): das comunidades de redes sociais à comunidade humana”. A mensagem apresenta o convite à reflexão sobre as relações entre as pessoas na internet, ambiente no qual a Igreja acredita que deve ser usado para o “encontro das pessoas e a solidariedade entre todos”.

O Papa  Francisco chama atenção para algumas realidades que se manifestam negativamente no ambiente digital, como a exposição “à desinformação e à distorção consciente e pilotada dos fatos e relações interpessoais”; o “uso manipulador dos dados pessoais, visando obter vantagens do plano político ou econômico, sem o devido respeito pela pessoa e seus direitos”; o cyberbullyng no meio adolescente; a identidade nas comunidades digitais fundada na contraposição do outro; e a realidade do isolamento, apontada como motivadora para existência dos “Jovens ‘eremitas sociais’”.

Ministério do Acolitato

Todo seminarista recebe, já na fase final de sua preparação para o sacerdócio, as "Ordens Menores", que o preparam para o Sacramento da Ordem. Conforme o Código de Direito Canônico, os Ministérios da Igreja (Leitorato e Acolitato) são degraus a serem percorridos no caminho da Ordenação Sacerdotal: "Antes de alguém ser promovido ao diaconato permanente ou temporário, requer-se que tenha recebido os ministérios de Leitor e de Acólito e os tenha exercido por tempo conveniente." (1035 § 1) 

De acordo com a história da Igreja, que perpetua a ação de Cristo no tempo, as chamadas "Ordens Menores" são os Ministérios instituídos pelo Bispo, sucessor dos Apóstolos. Caso o Bispo não presida, por sua autoridade, ele delega algum Ministro Ordenado para que institua os Ministros Leitores ou Acólitos. Deste modo, tornam-se também, hierarquicamente, seus cooperadores na evangelização, aqueles que tornaram-se instituídos por mandato da Igreja. O Ministério do Acolitato assume primordial importância na vida do seminarista que se prepara para assumir o sacramento da Ordem, no desejo de ser um eterno amigo do altar e preservá-lo com zelo e entusiasmo na vida da comunidade cristã: "Não relaxeis o vosso zelo. Sede fervorosos de espírito. Servi ao Senhor" (Rom. 12,11).

Fonte: Arquidiocese de Aparecida