X
Popup
 
As configurações de cookies neste site são definidas para que possamos dar-lhe a melhor experiência enquanto estiver aqui. Se desejar, você pode alterar as configurações de cookies a qualquer momento em seu navegador. Ao continuar navegando você concorda com a nossa política de privacidade.
Aceitar e fechar
 
 

Vaticano: programação de 3 dias para festejar os Santos Pedro e Paulo

Na preparação à Solenidade dos padroeiros de Roma, missa aos funcionários do Vaticano e vigília de oração nesta sexta-feira (28/06). No dia em que a Igreja no mundo recorda os apóstolos neste sábado (29/06), missa com a bênção dos Pálios e oração mariana do Angelus. No domingo (30/06), Dia da Caridade do Papa para colaborar com o Óbolo de São Pedro, espetáculo teatral 'Pedro e Paulo em Roma' no átrio da Basílica de São Pedro.

Notícias da Igreja

28.06.2024 | 4 minutos

Vaticano: programação de 3 dias para festejar os Santos Pedro e Paulo

A Solenidade dos Santos Pedro e Paulo, padroeiros de Roma, é celebrada pela Igreja neste sábado, 29 de junho. No Brasil, é transferida para o domingo seguinte, isto é, 30 de junho. Mas a memória dos apóstolos começa a ser preparada já nesta sexta-feira (28/06): no início da manhã, os funcionários do Estado da Cidade do Vaticano participaram de uma missa na Basílica de São Pedro e, à noite, será realizada uma vigília diocesana de oração no mesmo local, presidida por Pe. Fabio Rosini, para a solenidade considerada uma das mais antigas da Igreja, sendo anterior até mesmo à comemoração do Natal.
Seguir o exemplo dos discípulos

Antigamente, julgava-se que o martírio dos dois apóstolos tinha ocorrido no mesmo dia e ano, e por issoseria a data que comemoramos hoje. Porém, o martírio de ambos deve ter ocorrido em ocasiões diferentes, com São Pedro, crucificado de cabeça para baixo, na colina Vaticana; e, São Paulo, decapitado, nas chamadas Três Fontes. Mas não há certeza quanto ao dia, nem quanto ao ano desses martírios.
A morte de Pedro poderia ter ocorrido em 64, ano em que milhares de cristãos foram sacrificados após o incêndio de Roma, enquanto a de Paulo, no ano de 67. Mas com certeza o martírio deles aconteceu em Roma, durante a perseguição de Nero. Juntos, transmitiram a mensagem a Palavra de Deus no mundo inteiro: “sejam, seguindo o exemplo deles, discípulos missionários, testemunhando em todo lugar a beleza do Evangelho", convidava o Papa Francisco ao final da Audiência Geral desta semana, ao saudar os peregrinos de língua italiana.
Já neste sábado (29/06), dia da Solenidade dos principais líderes da Igreja Cristã Primitiva e feriado no Vaticano, o Pontífice irá presidir a missa com a bênção dos Pálios que serão impostos aos novos arcebispos metropolitanos como sinal de comunhão com o Bispo de Roma. A celebração começa às 9h30 na Itália, 4h30 no horário de Brasília, na Basílica de São Pedro. Em seguida, às 12h na Itália, 7h no horário de Brasília, o Papa Francisco reza a oração mariana do Angelus com os fiéis na Praça São Pedro. Os dois momentos serão transmitidos ao vivo pela Rádio Vaticano - Vatican News com comentários em português.
Entre 29 e 30 de junho, nas igrejas de todo o mundo, serão coletadas doações para o Óbolo de São Pedro, a tradicional coleta para apoiar a caridade do Papa junto aos mais necessitados e o seu serviço às Igrejas do mundo através da Cúria Romana. Também é possível fazer doações diretamente, durante todo o ano, por meio do site do Óbolo.
As celebrações no Brasil

O domingo (30/06) no Brasil, em especial, a Igreja vai celebrar a Solenidade dos Santos Pedro e Paulo e também o Dia da Caridade do Papa para ajudar na missão do Bispo de Roma, uma missão de paz, de caridade, de proximidade com aqueles que estão em dificuldades.
Com uma oferta, que pode ser doada nesse dia especial, assim como em qualquer outro dia do ano, qualquer pessoa pode colaborar ativamente na missão universal de Francisco, nunca tão necessária como em nossos dias, em um mundo devastado por guerras, pela corrida armamentista, pela injustiça, pelo sofrimento de tantos pobres e por ataques à sacralidade da vida humana e à dignidade da pessoa. Graças às atividades de serviço realizadas pelos dicastérios da Santa Sé que o assistem diariamente, o Papa faz com que sua voz chegue a tantas situações difíceis. Ele apoia obras de caridade em favor de pessoas e famílias em dificuldade, ajuda as populações afetadas por desastres naturais e por guerras.
O teatro "Pedro e Paulo em Roma"

Uma mensagem que deverá ser reforçada pelo próprio Papa Francisco ao final da oração mariana do Angelus deste domingo (30/06), direto da Praça São Pedro, a partir das 12h na Itália, 7h no horário de Brasília. Na parte da noite, às 21h locais, as comemorações aos apóstolos serão finalizadas com um espetáculo de teatro no átrio Basílica de São Pedro intitulado "Pedro e Paulo em Roma". O evento está sendo organizado pelos Vicariatos da Diocese de Roma e da Cidade do Vaticano, em colaboração com o Ministério da Cultura do país, o governo de Roma e a associação cultural Panathlon International.
Fonte:Vatican News.
Fotógrafo: Reprodução de foto de Vatican Media.